Monday, July 4, 2011

Leis trabalhistas [ou a falta delas....]

Hoje é feriado aqui, Dia da Independência, um dos poucos feriados oficiais nos E.U.A., e assim como milhões de pessoas aqui, estou trabalhando....e sem receber extra por isso.
As pessoas no Brasil acho que não imaginam que aqui praticamente não há leis trabalhistas, cada empresa faz suas próprias regras, as quais são apresentadas ao funcionário no ato da admissão, e daí é pegar ou largar, você decide se vai ou não aceitar as condições da empresa, as leis não são determinadas ou regularizadas por nenhum orgão.
Então vamos lá para vcs entenderem melhor: NÃO EXISTE 13o salário, vale transporte, vale refeição, fundo de garantia, pagamento de rescisão de contrato, uso de atestado médico para abonar faltas.
É OPCIONAL: férias pagas, feríados pagos, adicional noturno, convênio médico (de qualquer forma, qdo existe é só para o empregado mesmo, a contribuição da empresa não se estende à familia).
Conclusão, é escravidão mesmo....Por muito tempo ouvi pessoas de fora daqui dizendo que tudo bem, apesar da falta de benefícios de trabalho nos E.U.A., aqui se ganha mais, então uma coisa compensa a outra. Isso NÃO é verdade, não compensa não....as pessoas aqui, na sua GRANDE maioria, continuam ganhando os seus $10.00 por hr, que considerando o custo de vida aqui, é pouco, pois ninguém consegue se manter sozinho ganhando isso, assim que elas se beneficiariam SIM com as vantagens que as leis trabalhistas do Brasil oferecem. E por que ninguém aqui  reclama, ninguém reivindica? Pq desconhecem a existência dessas leis, nem imaginam o que seja tudo isso, e que tantos benefícios possam existir em algum lugar, para eles isso tudo seria muito bom para ser verdade!
Isso tudo é muito injusto, vocês não imaginam o que é trabalhar sem benefício algum, garantia alguma, reconhecimento algum dos seus direitos! Eu por exemplo, trabalho em uma empresa que tem por volta de 5000 funcionários e não tenho NENHUM tipo de benefício, ZERO mesmo, não tenho férias pagas, se eu quiser tirar férias, tenho que fazer um pedido com bastante antecedência, e caso aprovado, posso tirar até 10 dias por ano, mas SEM remuneração, trabalho tbm todo feriado (os pouquíssimos que existem aqui), e não recebo extra, hora e meia, ou nada além do meu salário regular.
O pior de tudo é que se você for mandado embora ou pedir as contas, não recebe ABSOLUTAMENTE nada para te segurar até arrumar outro emprego, está na rua, já era! Existe aqui algo chamado "unemployment", que seria equivalente ao nosso seguro desemprego, mas não se iludam, pq ele funciona em raríssimas ocasiões, pois depende de muita coisa dar certo para você recebê-lo. Eu por exemplo, moro e trabalho aqui há 20 anos, sempre em condições imigratórias legais, e NUNCA recebi seguro desemprego. Porém este "benefício" é uma outra história, algo que merece um outro capítulo inteiro somente sobre ele.
Por enquanto é isso, sigo aqui trabalhando neste raro feriado, perpetuando a injustiça que se aplica ao trabalhador americano, pobres escravos que mantêm a deseperada ilusão de que vivem no País da liberdade....e viva a Independência Americana!

No comments:

Post a Comment